ITAPISSUMA, Patrimônio da Humanidade

Com quase vinte e cinco mil habitantes, o jovem município de Itapissuma vem crescendo de importância na Região Metropolitana do Recife. Embora o município seja jovem, foi criado apenas no ano de 1982 e instalado em 1983, Itapissuma é uma das mais antigas vilas do Brasil, estabelecida no ano de 1588, fundada pelos frades franciscanos. Os colonos portugueses trouxeram para o Brasil a devoção de São Gonçalo do Amarante. A capela dedicada a esse Santo que viveu em Portugal no século XIII e  que é  protetor dos pescadores e sempre cuidou para que as moças encontrassem casamento, foi iniciada pelo padre Camilo de Mendonça no início do século XVII. Ainda hoje a bela Igreja dedicada a São Gonçalo está vigiando o Canal da Santa Cruz, braço de rio que serviu de limites para as capitanias de Pernambuco e Itamaracá.

Quando os portugueses chegaram na região,ela estava habitadas por índios que utilizavam as grande pedras negras existentes nas margens do canal para seu enfeite e de onde tiravam parte de seus alimentos, as ostras, que ainda hoje fazem a riqueza da localidade. Pedras negras e moles, é o que significa a palavra Itapissuma. Essa pedra é a mais conhecida como Ardósia e era muito utilizada para fazer os quadros-negros que havia nas salas de aulas.  De aldeia indígena a missão franciscana, depois povoado, vila e distrito de Igarassu, Itapissuma se tornou município. Para se chegar a Itamaracá, o meio de transporte eram as igara, ou seja, as barcas. Quando os holandeses dominaram a região entre 1630 e 1654, eles construíram uma ponte de madeira. No mesmo local está a Ponte Getúlio Vargas, que é o caminho de todos que vão a Itamaracá.

Os rios Arataca, Tabatinga e Pacas são rios permanentes, eles são tributários do Rio Botafogo e formam uma bacia de pequenos rios, todos muito importantes  para o abastecimento de água da Região Metropolitana. A permanência de restos da Mata Atlântica é uma das razões que levou a Organização das Nações Unidas a declarar Itapissuma um Patrimônio da Humanidade.

Abacate, banana e castanha de caju são riquezas da agricultura local, além da manga, do mamão de produção permanente. Como produção agrícola temporária  existe a  produção de Batata Doce, Abacaxi, Cana de Açúcar, milho mandioca e feijão.

Entretanto Itapissuma também possui um parque industrial no qual se notabiliza a ALCOA, produtora de placas de alumínio.

A cada ano, no segundo domingo de janeiro, é realizada a Buscada de São Gonçalo, uma festividade de tradição da religiosidade católica. Primeiro há uma levada de São Gonçalo, quando sua imagem é levada até a igreja de Nossa Senhora das Dores, na vila de Nova Cruz, e, depois, a buscada que é feita pelo mar. Uma festa de grande alegria, que uma marca deste santo que foi muito popular nos primeiros séculos da história do Brasil.

Texto escrito por: Severino Vicente da Silva

Fontes:

http://www.cprm.gov.br/rehi/atlas/pernambuco/relatorios/ITAP082.pdf

http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1

 SILVA, Severino Vicente da. Uma devoção dos pobres: a dança de são Gonçalo. In História das religiões no Brasil, vol. 4,  Silvana Brandão (organizadora) Editora Universitária UFPE, 2006.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *