PROFESSOR MANUEL CORREIA DE ANDRADE

O Vale do Siriji é onde está localizada a maior parte da Zona da Mata Norte, é formado pelos rios Siriji, Capibaribe Mirim, Tracunhaém que, se unem para formar o Rio Goiana, e desaguar no Oceano Atlântico. O principal estudioso desse Vale do Siriji é Manuel Correia de Andrade, nascido no Engenho Jundiá, em Vicência, situado na cidade que, juntamente com Aliança, São Vicente Férrer e Condado são as cidades banhadas por esses rios. Manuel Correia nasceu no dia 03 de agosto de 1922, filho do senhor de Engenho Joaquim Correia Xavier de Andrade e Zulmira Azevedo Correia de Andrade, embora tenha estudado as primeiras letras em Vicência, os seus estudos secundaristas foram realizados no Recife. Manuel Correia fez os cursos de Direito e Geografia e História. Aos vinte anos filiou-se ao Partido Comunista Brasileiro, de onde saiu nove meses depois. Como advogado,Manuel Correia defendeu causas para o Sindicato dos Ferroviários, para o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria e Exploração de Pedras de Jaboatão e para o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Papel e Papelão. Mas a partir de 1952 decide dedicar-se ao magistério de Geografia e História em colégios e faculdades na capital pernambucana e também na Universidade Federal de Pernambuco. No final dos anos cinquenta e no início do anos sessenta, Manuel Correia fez cursos de pós-graduação na Universidade do Brasil e, depois em Paris, na França. Alguns anos depois, o professor5 Manuel Correia dirigiu o Departamento de História da Fundação Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais. As publicações de suas pesquisas o tornam um dos geógrafos mais importantes do Brasil. O livro A Terra e o Homem no Nordeste promove uma nova maneira de ver e interpretar o Nordeste. Aliás, esse livro foi escolhido por professores e intelectuais brasileiros como um dos cem livros mais importantes do século XX.

Dedicado ao magistério¸ o professor foi sempre um defensor da liberdade, o que lhe valeu a prisão durante a ditadura do Estado Novo, em 1944; e por ter participado do governo de Miguel Arraes foi também preso político na ditadura iniciada em 1964.

Aposentado, Manuel Correia não abandonou o ato de ensinar e orientar os mais jovens para o futuro. Assumiu a Cátedra Gilberto Freyre, do Centro de Filosofia e ciências Sociais do Departamento de Sociologia da Universidade Federal de Pernambuco. O reconhecimento da sociedade aos seus estudos e escritos veio de diversas maneiras. Recebeu o título de Doutor Honoris Causa das Universidades Federais de Sergipe, Rio Grande do Norte e Alagoas. problemas cardíacos levaram o professor à morte no dia 22 de junho de 2007.

Bibliografia:
VAINSENCHER, Semira Adler. Manoel Correia de Andrade. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/>. Acesso em: 2 de julho, 2012.

Texto escrito por: Severino Vicente da Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *