Faculdade de Ciências e Tecnologia Professor Dirson Maciel de Barros

Sede da Capitania de Itamaracá, Goiana foi integrada à Pernambuco com sua riqueza e sua população no final do século XVIII. Ao longo do século XIX foi cidade pioneira  em muitos aspectos, especialmente a educação compreendida de maneira larga. Exemplo disso são as bandas Curica e Saboeira, formadora de várias gerações de músicos e de cidadãos. Onde durante vários anos funcionou o Ginásio Manoel Borba, no ano de 1979 passou a existir a Faculdade de Formação de Professores de Goiana, sendo parte do esforço da sociedade objetivando formar professores para acompanhar a expansão do ensino que então se iniciava no Brasil. Assim é que se cconstituiu o  primeiro instituto de ensino superior na região da Mata Norte de Pernambuco, atualmente nomeada Faculdade de Ciências e Tecnologia Professor Dirson Maciel de Barros. A mudança de nomes tem o sentido de homenagear um dos professores fundadores, mas quer significar uma ampliação da atividade pedagógica para além da formação de licenciados em História, Geografia, Pedagogia, Letras, :Educação Física,, Matemática e ciências Biológicas, alcançando também a formação de bacharéis em Administração de Empresas. Além dos curso de graduação, na FADIMAB são oferecidos cursos de Pós Graduação lato sensu, comumente conhecidos como Especialização, e, História do Brasil, Fundamentos da Matemática, Ensino de Biologia, História Afro-brasileira, entre outros.

Para a FADIMAB “a ação educativa é a força motriz para a transformação social” e em torno desse lema agregam-se 88 professores que atuam no atendimento a cerca de 1400 estudantes que, com suas presenças e entusiasmo ocupam não apenas o campus central, mas também o Diogo Dias e o Irmã Marie Amelle Falgueiras. Nesse período de 33 anos de atuação a Faculdade de Ciências e Tecnologia Professor Dirson Maciel de Barros formou cerca de cinco mil profissionais que atuam em cidades de Pernambuco e Paraíba. A tradição histórica de Goiana exigiu a criação de Departamento de Pesquisa Histórica com o objetivo de fomentar o espírito de pesquisa histórica no campo da Memória, Registro e Identidade.

Por essas e outras razões, a FADIMAB é um monumento de nossa memória.

Texto escrito por: Severino Vicente da Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *